1º DOMINGO DO ADVENTO

O Advento, que começamos hoje, é um tempo de preparação para o Natal.

O Advento é também um tempo em que os nossos corações se voltam para a expectativa da segunda vinda de Cristo, no final dos tempos.

Vamos rezar para que nós, fortalecidos pelo amor de Deus, que possamos ver no nascimento de Jesus, e pela esperança que vem da promessa da segunda vinda de Cristo, possamos seguir a Jesus cada vez mais fielmente e assim prepare-se para nosso encontro com Jesus face a face.

Please follow and like us:

NOSSO SENHOR JESUS CRISTO , REI DO UNIVERSO

Hoje, no último Domingo do ano litúrgico, celebramos a solenidade do NOSSO SENHOR JESUS CRISTO , REI DO UNIVERSO.
Jesus é nosso Rei porque nos revela o amor de Deus e desperta em nossos corações o amor a Deus.
Jesus é o nosso Rei, porque é Ele quem nos permite entrar no Reino de Deus, isto é, viver em uma comunhão amorosa com Deus.
Durante a Missa de hoje, agradeçamos a Jesus por ser nosso Rei. Vamos também rezar para que, através do seguimento fiel de Jesus, possamos aprofundar nossa união com Deus, mostrar o amor de Deus a outras pessoas e estender Seu Reino.

Please follow and like us:

 25º Domingo do Tempo Comum (ano B)

Jesus nos mostra que atitude devemos tomar em relação ao sofrimento, mostra-nos o que devemos fazer quando nos encontrarmos sofrimento.

A principal atividade de Jesus era curar as pessoas, libertá-las de vários sofrimentos e problemas. Jesus repetidamente evitou a perseguição e instruiu os Apóstolos que, em caso de perseguição, eles fugiriam para outra cidade. Assim, Jesus nos ensina que o sofrimento não vem de Deus, que Deus não quer sofrimento. Ele nos instruiu que lutaríamos contra o sofrimento, que ajudaríamos pessoas que sofrem e evitaríamos o sofrimento de nós mesmos.

No entanto, evitar o sofrimento não é a coisa ” 25º Domingo do Tempo Comum (ano B)” の続きを読む

Please follow and like us:

24º Domingo do Tempo Comum (ano B)

As leituras de hoje nos convidam a refletir sobre nossa fé. Nos chamam especialmente para refletir se minha fé é uma verdadeira fé cristã. Se é consistente com o desejo de Jesus.

A fim de ter uma fé cristã, é certamente necessário reconhecer a verdade de que Jesus é o Messias enviado por Deus, bem como reconhecer a verdade de que Jesus é o Filho de Deus, que é Deus que se tornou um homem. Contudo, o reconhecimento de Jesus como o Messias e como o Filho de Deus não é suficiente para que nossa fé seja uma verdadeira fé cristã.

Na segunda leitura de hoje São Tiago nos ensina que a fé cristã não é apenas sobre certas crenças e convicções. São Tiago nos ensina que, se nossas crenças cristãs não são expressas em obras, isso significa que essas crenças não são reais, que nossa fé está morta.

Uma fé é viva, ou verdadeiramente cristã, somente quando é “24º Domingo do Tempo Comum (ano B)” の続きを読む

Please follow and like us:

22º Domingo do Tempo Comum – Ano B

Para a fim de nós não cometermos o erro que foi cometido pelos fariseus, para a fim de que os efeitos de nossa vida cristã não sejam contraproducentes, talvez, de vez em quando devamos tentar responder às perguntas seguintes. “22º Domingo do Tempo Comum – Ano B” の続きを読む

Please follow and like us:

21º Domingo do Tempo Comum – ano B (Jo 6,60-69)

” O espírito é que vivifica, a carne de nada serve. As palavras que vos tenho dito são espírito e vida.”J6, 63

O homem é ao mesmo tempo um ser corporal e um ser espiritual. O corpo e a alma estão tão unidos que se pode dizer que o corpo humano é uma forma da alma. Antes do pecado original, a beleza da  alma, que foi criada à imagem de Deus, era revelada pela beleza de homem. A harmonia interior do homem, assim como a harmonia entre as pessoas, e a harmonia entre as pessoas e a natureza mostraram a harmonia que existia entre a alma do homem e o Espírito de Deus.

O pecado original feriu a alma do homem, destruiu “21º Domingo do Tempo Comum – ano B (Jo 6,60-69)” の続きを読む

Please follow and like us:

20º Domingo do Tempo Comum – ano B (J6,51-58)

“Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. Pois a minha carne é verdadeiramente uma comida e o meu sangue, verdadeiramente uma bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele.” Jo6, 54-56

Receber a Sagrada Comunhão, isto é receber o Corpo de Jesus em seu corpo, é uma comunhão física com Jesus. Na Eucaristia, Jesus Cristo se entrega a nós porque quer não apenas estar connosco, mas também quer estar unido connosco, quer se tornar um só corpo connosco. Ao nos oferecer o Seu Santo Corpo, Jesus expressa o Seu amor por cada um de nós.

Se em resposta ao amor de Jesus, amarmos Jesus e desejarmos de recebê-lo, mas também desejarmos de oferecer-nos a Ele e, finalmente, desejarmos de unir com Ele, recebendo a Sagrada Comunhão se torna uma expressão do esse desejo, se tornar uma verdadeira expressão do nosso amor por Jesus.

De fato, somente recebendo a Sagrada Comunhão com essa intenção “20º Domingo do Tempo Comum – ano B (J6,51-58)” の続きを読む

Please follow and like us: